São Paulo divulga calendário escolar da rede estadual 2017


 

Educação - 29/12/2016 - 18:39:16

 

São Paulo divulga calendário escolar da rede estadual 2017

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

As aulas iniciam na rede estadual no próximo de 02 de fevreiro de 2017

As aulas iniciam na rede estadual no próximo de 02 de fevreiro de 2017


O calendário escolar de 2017 já está definido. As datas foram publicadas pela Secretaria da Educação de São Paulo no Diário Oficial. No próximo ano, as atividades de alunos e professores terão início em 2 de fevereiro. A data é a mesma em todas as 5 mil unidades de Ensino Fundamental, Médio e Educação de Jovens e Adultos.

O documento determina ainda para 28 de junho o fim do primeiro semestre. Por sua vez, as aulas regulares do segundo semestre têm começo agendado para 31 de julho. Para garantir o cumprimento dos 200 dias letivos, previstos na Lei de Diretrizes e Bases (LDB), as escolas devem encerrar a programação pedagógica, no mínimo, no dia 21 dezembro.

Atividades e Datas

  • Início das aulas 2017 - 02/02/2017
  • Recesso escolar - 29/06/2017 a 30/07/2017
  • Início do 2º semestre - 31/07/2017
  • Fim do ano letivo - A partir de 21/12/2017

Matrículas e transferências

Ao longo de todo o mês de janeiro, as escolas recebem matrículas de novos alunos interessados em ingressar na rede estadual. Para fazer o cadastro basta se dirigir à unidade de ensino mais próxima e preencher o formulário. É indicada a apresentação de documento de identidade (certidão de nascimento e RG) e comprovante de residência. No caso de alunos menores de idade, o cadastro deve ser feito por pais ou responsáveis.

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




Câmara aprova decreto de intervenção no Rio de Janeiro


Vereadores petistas querem indenização da prefeitura de São Bernardo


MTST realiza discursos políticos contra reforma da Previdência em São Bernardo


MTST descumpre acordo e faz passeata em São Bernardo


Temer convoca Exército para intervir na segurança do Rio de Janeiro


Justiça manda Corinthians e Odebrecht devolverem R$ 400 milhões para a Caixa