Feirinha Tradicional do Caiçara em Praia Grande está sendo demolida


 

Litoral - 01/08/2017 - 09:26:38

 

Feirinha Tradicional do Caiçara em Praia Grande está sendo demolida

Feirinha Tradicional do Caiçara em Praia Grande está sendo demolida

 

Boca No Trombone .

Foto(s): Reprodução Facebook

 

Trdicional Feirinha do Caiçara será demolida

Trdicional Feirinha do Caiçara será demolida


A feirinha tradicional do Caiçara está sendo demolida. A notícia chega logo depois do encerramento das atividades da Feirinha da Guilhermina, em Praia Grande. 

As pessoas que ali trabalhavam, a cerca de 30 anos, estão recolhendo as últimas coisas e se despedindo do local.

Por volta de três anos atrás, o prefeito de Praia Grande Alberto Mourão, já articulava a saída desses comerciantes do local e da feirinha da Guilhermina. 

A intenção, segundo a prefeitura, é reconstruir a área com uma nova feirinha, porém com licitação. "Quem tiver dinhero compra, quem não tiver perde tudo", afirmou um comerciante do local.

Alguns ocupantes de baias na feirinha, que não quiseram se identificar, contaram ter ouvido da prefeitura que eles não tem direito a nada, e que o local será leiloado em um futuro processo licitatório. Quem pagar mais, fica com um quiosque.

"É uma verdadeira injustiça, pois tem gente aqui com 10, 20 30 anos... e agora não tem nem prioridade pela supostas novas instalações. É fácil depois de muitos anos cativando o cliente e fazendo do lugar um dos mais procurados, vir um empresário rico e arrematar uma barraca", disse em tom de revolta uma das prejudicadas.

Outro comerciante desabafa. "Chegamos aqui na década 90 e isso não era nada, a cidade era só lama e tinha poucos habitantes. Agora que a cidade cresceu, tanto em estrutura quanto em número de pessoas, somos chutados igual cachorro. Roemos o osso, para um empresário amigo do coronel comer o filé, é revoltante", disse.

Os comentários que circulam na cidade é de que a cada dia que passa a cidade vai ficando na mão de um grupo seleto próximo ao prefeito. 

"Chegamos em um nivel tão alto de corrupção, que o político que roubar 80% e fazer 20% pela população, é venerado", esbravejou um morador da região.

A praça passa por reforma e custará mais de 7 milhões e, segundo informações de bastidor, as barracas ficarão na.praça São Pedro na avenida Kennedy.

Feirinha da Guilhermina encerrou suas atividades neste domingo

Emoção, tristeza e duvidas marcaram o ecerramento da Feirinha da Guilhermina neste final de semana

Feirinha Guilhermina em Praia Grande

A feirinha de artesanatos, doces e pasteis, localizada no bairro Guilherminha, em Praia Grande, encerrou suas atividades no último domingo, 30, e será demolida.  Localizada na Praça de Portugal, na avenida da praia, o local será totalmente reconstruído e os quiosque passarão a funcionar no calçadão da orla.

O site do 'Boca no Trombone' tornou o caso público e o montante de dinheiro que será gasto. A obra que custará quase R$ 9 milhões de reais, é alvo de muita polêmica, por se tratar de um valor fora dos patrões para tal reforma. A vereadora Janaína Ballaris, PT, teria denunciado o caso ao Ministério Público, pois a prefeitura não respondeu ao pedido de informação e nem os vereadores da cidade aprovaram o requerimento apresentado na Câmara, pela vereadora, onde solicitava cópia do contrato e o projeto da obra para fiscalizar.

Duvidas

Os comerciantes ainda não sabem ao certo se voltarão a trabalhar no local, pois correm o risco de perder seu espaço para outros interessados. Isso  porque, segundo a prefeitura, a lei que concedia licença municipal, por intermédio da Secretaria de Cultura e Turismo, foi editada. Com as novas  regras de utilização, ficou estabelecido que a ocupação do local só pode ser feita por meio de licitação pública.

Em 2015, foi aprovada, na Câmara, a lei que autoriza o Executivo a realizar a licitação. O decreto regulamentar que estabelecerá as regras estava em fase final de elaboração.

A Prefeitura garante que todos os interessados poderão participar da seleção pública. “Os comerciantes que desejarem participar do processo licitatório e obtiverem êxito, continuarão no espaço. Até a conclusão do processo, a lei determina que os comerciantes permaneçam no local”, diz nota enviada pelo órgão, que destaca ainda que “um número igual ou superior de artesãos interessados também se encontram ansiosos pela chance de terem acesso a uma das licenças”.

A cidade conta com quatro feiras de artesanato fixas, que oferecem diversos artigos como acessórios e objetos de decoração, além de pratos típicos, lanches e doces. Abrigam mais de trezentos artesãos comercializando, legalmente, seus produtos. As feiras funcionam nas praças Portugal (Bairro Guilhermina); Dr. Roberto Andraus (Bairro Ocian), Nossa Senhora de Fátima (Bairro Caiçara) e Carlos Gomes (Bairro  Solemar). As feirinhas funcionam das 13 às 22 horas aos sábados, domingos, feriados e, diariamente, durante as férias escolares.

Medo

Este novo cenário tira o sono de quem trabalha no espaço há muito tempo e tem nas vendas desses produtos sua principal fonte de renda.  Pessoas que estariam há mais de 20 anos no local contam o drama que vivem agora. Maria Tereza Lanza que faz montagem de bijuterias dispara: “Tenho 61 anos e estou a 23 trabalhando na feira da Ocian. Estou apavorada e junto com outros comerciantes correndo atrás de advogados. A Prefeitura não pode fazer isso. Não é justo. Dedicamos a vida inteira a esse trabalho”.

“É com grande pesar que informo aos amigos e clientes que frequentam a feirinha da Guilhermina que encerramos nossas atividades na Praça de Portugal. Depois de mais de 20 anos neste local, fomos informados que ela será demolida… Hoje, dia 31 de julho de 2017 foi nosso último dia de trabalho nesse local.

Depois de muita luta é insistência de todos que ali trabalham, conseguimos um local provisório na aviação, porém , ainda sem estrutura nenhuma para nos receber.

Nós da feirinha estamos agilizando tudo para colocar luz, água e até mesmo implantar banheiros, para em breve poder atender aos clientes e turistas. Talvez em setembro ou até mesmo antes, estaremos lá para recebe-los.

Por enquanto, nós da equipe do PASTEL CHILENO, agradecemos a todos os clientes e amigos que por tantos anos estiveram ali conosco fazendo história.

Sabemos que esta feirinha fez parte da vida de muitas pessoas, tanto moradores da Praia Grande quanto os inúmeros turistas que, temporada após temporada, consideraram o local como seu principal ponto de encontro!

Obrigada a todos pelos momentos marcantes que tivemos, pois foi graças a presença de vocês que a feirinha se tornou esse importante ponto turístico e grande gerador de emprego! Com muita tristeza lembramos de cada pessoa que cresceu fazendo parte da feirinha, e que hoje frenquenta com seus filhos e cônjuges.

Também lembramos as pessoas que há tantos anos trabalhando ali, vieram a falecer… Difícil citar um nome, pois foram muitos os que lembramos com carinho! Lembramos também das brincadeiras de finais de ano… Da agitação dos paulistas ao virem para cá…

Ou de cada carnaval e da zueira de toda a galera que prestigiava fielmente ano após ano”!!

Obrigada a todos!

E um até breve!

É o que deseja a equipe do PASTEL CHILENO é a feirinha da Guilhermina!!

Abraço a todos!!"

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias



Sérgio Moro condena Renato Duque e ex-executivos da Andrade Gutierrez em processo da Lava jato


Chanceler venezuelano chama presidentes do Brasil e do Paraguai de 'imorais'


Praias de Santos passam a ser geridas pela prefeitura a partir do dia 21 de agosto


Inscrições para vestibular da USP podem ser feitas até 11 de setembro


Ministro diz que são falsas notícias de que salário mínimo será reduzido


Inscrições para o ProUni terminam sexta-feira para estudantes não matriculados