Destituição de procuradora venezuelana é quebra do Estado de Direito, diz ONU


 

Internacional - 08/08/2017 - 06:53:02

 

Destituição de procuradora venezuelana é quebra do Estado de Direito, diz ONU

 

Da Redação com EFE

Foto(s): Divulgação / ONU

 

A porta-voz do ACNUDH, Ravina Shamdasani

A porta-voz do ACNUDH, Ravina Shamdasani


O Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos disse, nesta terça-feira (8), que a destituição da procuradora-geral da Venezuela, Luisa Ortega, é mais uma demonstração da ruptura do Estado de Direito no país. 

"A destituição da procuradora-geral [da Venezuela] está na linha do que estivemos denunciando, que o Estado de Direito no país foi rompido e a fratura está aumentando", afirmou, em entrevista coletiva, a porta-voz do Escritório, Ravina Shamdasani.

O escritório denunciou que as forças de segurança venezuelanas praticaram "maus-tratos" e "torturaram", de forma "generalizada e sistemática", manifestantes e detidos.

"Recebemos relatórios credíveis de tratamento cruel, desumano e degradante por parte das forças de segurança contra os detidos, o que poderia ser definido em vários casos como tortura", disse Ravina, acrescentando que "esses não foram casos isolados".

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




Maduro diz que desemprego caiu e pobreza se estabilizou na Venezuela


Justiça Federal nega recursos e mantém suspensão da posse de Cristiane Brasil


Sexo vai além de prazer e reprodução, ele é sinônimo de saúde!


Salvador espera receber cerca de 770 mil turistas no carnaval de 2018


Fortaleza abre ciclo carnavalesco nesta sexta-feira


Alckmin autoriza concessão internacional para transporte intermunicipal