Indicado ao Nobel de Literatura, Carlos Nejar é homenageado em Brasília


 

Cultura - 01/09/2017 - 16:08:28

 

Indicado ao Nobel de Literatura, Carlos Nejar é homenageado em Brasília

 

Da Redação com Abr

Foto(s): Divulgação / Valter Campanato / Abr

 

O poeta Carlos Nejar (D) é homenageado pela Academia de Letras de Brasília

O poeta Carlos Nejar (D) é homenageado pela Academia de Letras de Brasília


Ocupante da cadeira número 4 da Academia Brasileira de Letras, o poeta Carlos Nejar – candidato ao Prêmio Nobel de Literatura 2017 – recebeu na noite desta quinta-feira (31), em Brasília, o título de membro honorário da Academia de Letras de Brasília (ALB). A cerimônia ocorreu na Embaixada de Portugal, em Brasília.

O presidente de honra da ALB, José Carlos Gentili, disse que Carlos Nejar não é apenas um dos maiores expoentes da literatura do Brasil, mas também “um dos 37 maiores poetas vivos do mundo”.

O poeta teve o nome recomendado ao Prêmio Nobel de Literatura pela Academia Brasileira de Letras, que é credenciada pela Academia Sueca (Svenska Akademien), em Estocolmo, para fazer as indicações ao prêmio. “Fiquei honrado com a indicação [ao Prêmio Nobel], mas a minha obra é que tem que falar por mim porque creio no poder da palavra”, disse o poeta no discurso.

Obra

Gentili lembrou ainda, durante a cerimônia, que Carlos Nejar é um “verdadeiro gênio vivo” da poesia contemporânea, lido e estudado nos mais diversos centros linguísticos e literários do mundo. Citou o livro Somos Poucos, traduzido em francês, como uma das principais obras do homenageado. E acrescentou que Nejar acaba de lançar Monumento ao Rio Doce, também traduzido em inglês, que fala sobre a destruição causada pelo rompimento da barragem de mineração em Mariana (MG), que causou o maior desastre ambiental do Brasil. 

Corrupção

Em uma referência à corrupção, noticiada diariamente nos jornais e emissoras de rádios e televisão, Carlos Nejar disse, no discurso de posse, que nunca desistiu do Brasil. Afirmou que jamais deixou de reconhecer a grandeza brasileira, mesmo que alguns tentem “encolher” o país.

Ele acrescentou que o Brasil “há de ser cada vez mais prezado entre as nações, seu caminhar não recua, seu vigor não envelhece, sua cultura e arte [continuarão] a ser das mais altas do mundo”.

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




Câmara aprova decreto de intervenção no Rio de Janeiro


Vereadores petistas querem indenização da prefeitura de São Bernardo


MTST realiza discursos políticos contra reforma da Previdência em São Bernardo


MTST descumpre acordo e faz passeata em São Bernardo


Temer convoca Exército para intervir na segurança do Rio de Janeiro


Justiça manda Corinthians e Odebrecht devolverem R$ 400 milhões para a Caixa