-->


 

Internacional - 09/02/2019 - 09:10:30

 

Trump e Kim Jong-un reúnem-se no fim do mês no Vietnã

 

Da Redação com agências

Foto(s): Reuters

 

Trump e Kim Jong-Un em encontro realizado em 2018

Trump e Kim Jong-Un em encontro realizado em 2018


O presidente americano, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, vão se reunir nos dias 27 e 28 deste mês em Hanói, capital do Vietnã.

O anúncio foi feito por Trump no Twitter, após visita a Pyongyang esta semana do representante especial dos Estados Unidos para a Coreia do Norte, Stephen Biegun. Ele se reuniu com a autoridade correspondente norte-coreana, em um encontro que, segundo o presidente norte-americano, foi bastante produtivo. Trump disse que espera que a reunião comKim Jong-un possibilite o "avanço da causa pela paz".

No Twitter, Trump escreveu ainda que a Coreia do Norte, sob a liderança de Kim Jong-un, vai se tornar uma grande potência econômica.

O Vietnã foi escolhido por ser um local relativamente neutro para as duas partes. A Coreia do Norte tem tradicionalmente mantido relações estreitas com o país. Já os Estados Unidos reataram oficialmente os laços diplomáticos com o Vietnã em 1995, depois de décadas de tensões.

A primeira cúpula entre Estados Unidos e Coreia do Norte, no ano passado, terminou com uma vaga promessa de Pyongyang pela desnuclearização, mas os diálogos ficaram paralisados. A Coreia do Norte quer o fim das sanções em resposta aos esforços do país, enquanto os Estados Unidos afirmam que primeiramente querem verificar um progresso concreto.

*Com informações da NHK (emissora pública de televisão do Japão)

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias



Governo do Estado anuncia medidas para fortalecer o setor automotivo


Bolsonaro assina MP determinando que contribuição sindical deve ser cobrada por boleto


Lula volta para carceragem em Curitiba após cremação do corpo do neto


Lula acompanha velório do neto Arthur em São Bernardo


Turismo interno deve girar R$ 3,5 bilhões no estado do Rio de Janeiro


Balança comercial tem segundo melhor saldo da história para fevereiro